segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

... Se me falas com tamanha ternura de minha quietude no dizer, de minha confusão e meus medos, saiba que, com o tempo, o carinho transpõe estas barreiras. É que, no fundo, nos já sabemos entender o que outros talvez chamassem de sintonia. Temos nossa própria 'sintonia', de carinhos e palavras, de corpos e gestos, de idéias e ações... de tudo aquilo que eu dizia de me trazer de volta inspiração e transpiração. De sonhos e planos compartilhados. De algo que, eu sei, só me faz bem!

Um comentário:

Mths disse...

Nossa que lindo... Espero ter conseguido expressar o que senti ao ler isso, pois como você escreveu "o carinho transpõe estas barreiras".

=****